quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

O retorno do carnaval

Há 10 anos Bauru não tem carnaval de rua. O sambódromo da cidade, o segundo do Brasil, inaugurado em 1990, ficou abandonado desde 2001, quando teve o ultimo desfile de escolas de samba no local construido especialmente para isso. O prefeito Rodrigo Agostinho que prometia durante a campanha eleitoral trazer novamente o carnaval de rua para o local adequado, está conseguindo isso através do intenso trabalho realizado pela Secretaria de Cultura.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Sozinho no trono

Aconteceu mais uma vez: uma vez eleito, o candidato acha que o seu partido tem dono e único, ele mesmo. Na terrinha abençoada de Gasparini e Alberto de Souza, tem vereador recém eleito já com o rei na barriga, achando que ganhou a parada sozinho e agora, quer também ganhar o partido. Não está nem aí.
Sabe recém eleito que a decisão do STF corroborando a do TSE, de que os mandatos pertencem ao partido, ficará mais difícil fazer suas marmotagens políticas e terá, a partir de agora, que prestar contas aos militantes de seu partido sobre sua conduta durante o mandato. Então, nada melhor que tentar usurpar a direção partidária local, à socapa, à sorrelfa. No compasso do esquadro, futricar, engabelar, mentir, estabelecendo suas garras terapêuticas para inflar sua ambição despótica e usufruir da melhor maneira o engodo que safisfaz.
Mas, contudo, porém, a desvaraida ambição sempre leva a perdição. Dentro do contexto que se avizinha de poder e das regras do jogo político, o político ambicioso descaminha sempre para baixo.
Depois de algum tempo, percebe, tardiamente, que não está só nu, mas, sózinho no trono.